AquaRio

RIO DE JANEIRO

Ampliando a conservação da fauna marinha

O projeto visou reestruturar a dinâmica de visitação no Aquário do Rio de Janeiro, com o objetivo de fortalecer seu potencial como maior aquário marinho do Brasil e da América do Sul, com foco em educação e tecnologia e voltado a trabalhos de educação e pesquisa.

O AquaRio está localizado na zona portuária da cidade, que vem recebendo intervenções para sua revitalização ao longo dos últimos anos. O equipamento tem relevância no espaço urbano e o projeto visa intervenções para ampliar sua relação com o espaço público.

A Zona Portuária do Rio de Janeiro recebeu diversas obras de revitalização entre 2001 e 2006, passando por profundas transformações urbanas, ao mesmo tempo em que se consolidou no circuito turístico do município. O AquaRio está localizado bem próximo de equipamentos culturais e relevantes como o Museu de Arte do Rio e o Museu do Amanhã.

legenda: 1) potencial fragmentado; 2) fio condutor que fortalece as potencialidades; 3) experiência de visitação integrada; 4) estratégias.

Para potencializar as características da narrativa em todas as frentes de atuação do AquaRio, propõe-se um fio condutor: uma temática que permeia os elementos atuais fortalecendo a experiência e imersão do usuário na visitação. Cenografia, expografia e transformação do AquaRio em um polo cultural e de lazer são as estratégias do projeto.

legenda: 1) paredes temáticas; 2) elementos temáticos; 3) áreas temáticas; 4) áreas de transição.

Uma temática como fio condutor valoriza as exibições e atrativos; promove espaços acolhedores que geram maior permanência do visitante no local; ativa usos diversos; e fortalece as bases para ampliação da consciência ambiental.

Propõe-se a criação de cenários e ambientação dos espaços, aliada a um projeto expográfico que envolve o visitante. Elementos que compõem esse universo direcionam caminhos, transmitem informações, conformam percursos e atmosferas – como sons, iluminação, projeções -, agrupam conteúdos, caracterizam a mudança dos temas – piso, texturas, cortinas, portais, etc.  

O projeto prevê a implantação desses elementos para promover melhorias nos circuitos de exibição e nas áreas destinadas ao público, como receptivo, área de alimentação e espaços de interação com as áreas externas. Jogos de luz e projeções, cenografia interativa, novo mobiliário, aplicativos de realidade aumentada e pequenas reformas do ambiente interno foram utilizados como recursos.

legenda: 1) aquário hoje: principais usos e atrativos; 2) aquário como um polo: novos atrativos e ativação da zona portuária

Ao diversificar as atrações o AquaRio pode se tornar um polo, abrangendo seu potencial de visitação: atrativos opcionais fora do circuito de visitação do aquário, espaço para eventos e exposições, área de alimentação com conexão direta ao Boulevard da Zona Portuária, aluguel de bicicletas, programação especial como apresentações teatrais, musicais e mesmo esportivas, como aulas de yoga, são alguns exemplos das propostas para os novos usos do local.