Mercado Público Municipal

COTIA – SÃO PAULO

Estruturar o mercado público e entorno

Espaços de encontro e vivência, os mercados municipais se destacam como um cenário para diversas formas de expressão cultural de uma determinada região. Têm o potencial de atrair consumidores e turistas interessados na degustação de sabores exóticos e pratos populares tradicionais, além da experiência de um espaço público peculiar com diferentes contextos sociais e culturais, que proporcionam opções de convivência, vivência cultural e lazer à população.

O trabalho objetiva desenvolver um estudo de oportunidades e potencialidades para a implantação de um Mercado Municipal Público e usos acessórios em Cotia, no Estado de São Paulo.

Foi realizada uma análise da dinâmica territorial onde o mercado está inserido, delineando questões relativas ao lugar, ao perfil demográfico e a aspectos econômicos do local de implantação, incluindo a mobilidade e legislações aplicáveis. Também foi feito um estudo de benchmarking com exemplos de mercados similares em São Paulo, no Brasil e em outros países.

O resultado do trabalho foi a definição de um programa de usos e operações preliminar e uma primeira proposta de implantação.

Um dos sócios da Natureza Urbana foi o coordenador geral deste estudo e outros membros da equipe, então contratados pela IDOM, também participaram.

O Mercado Municipal está inserido em Área Estratégica de Desenvolvimento, destinada à implantação de projetos urbanísticos que impulsionam o desenvolvimento econômico e social da cidade.

1) mercado municipal; 2) roselândia; 3) templo budista zu lai; 4) kartódromo

A análise da dinâmica territorial foi realizada em quatro escalas distintas, desde a escala macro da metrópole até a escala da edificação do mercado. A síntese da análise dessas escalas permitiu identificar oportunidades como, localização estratégica do Mercado em relação às redes de mobilidade existentes; localização próxima ao centro da cidade e de bairro residencial; equipamentos relevantes próximos, como terminal rodoviário, escola, prefeitura, hospital e outros; fluxos e ritmos distintos, pela proximidade com a Rodovia Raposo Tavares; potencial construtivo ainda não explorado.

A partir da convergência das etapas de diagnóstico e estudos de caso de equipamentos similares, foi desenvolvido um estudo de cenários e vocações para a área. Partiu-se do mote das atividades relacionadas a alimentação, gastronomia e comércio de flores, mais especificamente de rosas, como potenciais usos âncora que poderão definir a identidade do lugar.

Três cenários de implantação são sugeridos, com distintos programas a serem implantados como usos adicionais ao mercado.

OPÇÃO A: 1) parque; 2) cinema; 3) mercado; 4) hotel; 5) praça de alimentação.
OPÇÃO B: 1) parque; 2) escritórios; 3) mercado; 4) praça de alimentação.
OPÇÃO C: 1) área verde; 2) comércio; 3) mercado; 4) escritórios.